Como superar os desafios dos dois primeiros anos após abrir uma franquia

Como superar os desafios dos dois primeiros anos após abrir uma franquia

Muito se fala sobre os desafios envolvidos no ato de abrir uma franquia, mas pouca gente te prepara para lidar com o que vem logo depois. Existe uma série de desafios que aparecem nos primeiros anos de uma franquia, como: divulgação e marketing, criação de uma base de clientes, parcerias locais e, principalmente, ter paciência para que os retornos comecem um ciclo positivo para o negócio. Não é um investimento passivo, em que você apenas investe o seu dinheiro, senta e espera uma roda mágica girar. Há muito trabalho e dedicação envolvidos.

Porém, por mais que os desafios após abrir uma franquia sejam reais, não é nenhum bicho de sete cabeças – e a proximidade com a franqueadora pode te ajudar com o caminho das pedras, tornando os passos mais seguros na sua jornada de empreendedorismo. Pode parecer difícil no começo, principalmente para investidores de primeira viagem, que podem se sentir sobrecarregados.

Com isso em mente, conversamos com algumas de nossas franqueadas que integram a família ONODERA há dois anos ou menos. Trazemos histórias inspiradoras para te ajudar você a superar esses desafios.

De passo a passo, rumo ao sucesso

Patrícia Guirão, franqueada de Ribeirão Preto – SP.

Patrícia assumiu a franquia de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, quando a antiga proprietária decidiu se desligar da rede por motivos pessoais. Para Patrícia, os desafios iniciais não eram pequenos: trabalhar uma campanha intensa para mostrar que a unidade estava sob uma nova gestão, aumentar o número de novos clientes, reaquecer a base anterior e melhorar a sua rentabilidade. A franqueada afirma que a chave para superar estes obstáculos foi, simplesmente, arregaçar as mangas e colocar em prática ações básicas e simples, até que, passo a passo, a unidade retomasse o seu sucesso.

Para isso, Patrícia apostou na reaproximação com os clientes, por meio de ferramentas de comunicação. “A gente começou a fazer ações de marketing, com ações de mídia digital. Aos poucos reativamos os contatos com os clientes mais antigos que tinham deixado de vir e passaram a gostar das novidades que trouxemos.”

Patrícia ainda afirma que o peso e o respeito do nome Onodera também foram essenciais para o sucesso da unidade de Ribeirão Preto. “Você vê que a força da marca é algo muito importante neste setor.” E os resultados dessas ações foram claros, mostrando que a perseverança e dedicação de Patrícia trouxeram bons frutos. “Nosso faturamento cresceu 35% no ano de 2019”, comemora.

Abrir uma franquia e trabalhar com aquilo que ama

Katia Regina Machado Bublitz, franqueada de Granja Viana- SP.

Katia decidiu abrir uma franquia no setor de beleza graças ao convite de uma amiga, em 2017. Para a empreendedora, a ideia era atrativa porque, além do seu interesse na área, também se encaixava com aquilo que procurava para a sua vida. “Queria algo que me suprisse financeiramente, é claro, mas que também me proporcionasse tempo para minha família para, principalmente, estar bem próxima da minha filha.”

Tudo se encaixou, pois segundo Katia, a Onodera já buscava por pessoas interessadas em abrir uma franquia na Granja Viana, e já tinha pesquisas de geolocalização em andamento para o local. Foi uma grande oportunidade para ela, pois isso a possibilitaria trabalhar mais próxima de sua casa, algo que a franqueada diz ter muita importância. “Trabalhar perto da minha casa é uma grande vantagem. Já estava cansada de ficar muito tempo em deslocamento para ir e vir do trabalho. Tudo iria mudar! E, dessa forma, eu teria mais tempo com a minha filha e maior facilidade para administrar a empresa, já que estaria sempre por perto.”

Katia também nos conta o quão importante tem sido para ela e para o seu sucesso profissional trabalhar com algo que realmente ama. “A área da estética sempre me encantou. Além de saber que é um setor em crescimento constante e rentável, também é algo prazeroso, por ajudar diversas mulheres a atingirem seus objetivos. Entregar o que elas precisam é, simplesmente, fantástico.”

Dedicação e motivação

Fabiana Silva Rossi, franqueada de Tatuapé, São Paulo.

Fabiana também veio a empreender em uma franquia por convite de uma amiga, franqueada há 9 anos.

Fabiana, franqueada em Tatuapé, São Paulo

Fabiana soube que queria este investimento – e que ele seria rentável – graças à confiança que tem na marca. “É um nome forte no mercado, que tem credibilidade. Já fui cliente da Onodera antes de comprar (a unidade)”.

A franqueada também falou sobre alguns dos diferenciais de seu trabalho, que têm trazido ótimos retornos. “Trabalho muito a motivação da equipe, também fiz uma reforma bacana na clínica e todo um conjunto de ações com foco em alavancar os resultados”.

Toda essa dedicação tem trazido grandes retornos à franqueada. “Estou com uma equipe super dedicada, que bate todas as metas e nos leva a ganhar prêmios como o de Excelência em Atendimento.”

Fabiana também faz questão de lembrar o quanto o apoio da franqueadora foi importante e um diferencial para alcançar este crescimento. “Uma das coisas que me levou a investir na Onodera foi o suporte que me deram, desde a minha primeira conversa de negociação da franquia, até hoje. É algo constante, que traz uma boa visão de negócios e nos dá bastante segurança. É uma marca que tem muita credibilidade, então, estou muito contente com os resultados e pretendo ir para a segunda unidade logo logo”, ressalta.

Deixe uma resposta

Fechar Menu