Na ponta do lápis: como calcular as projeções de lucro de uma franquia

Na ponta do lápis: como calcular as projeções de lucro de uma franquia

Principalmente para o investidor de primeira viagem, é muito mais fácil abrir um negócio que já conquistou consumidores e tem reconhecimento no mercado. É por isso que as franquias são as opções mais seguras de investimento com ótimas projeções de lucro, pois toda a etapa de consolidação de marca não é algo com que o franqueado precise se preocupar. 

Justamente por todos os pontos positivos que o modelo de negócio oferece, quem investe em franchising precisa ficar atento às projeções de lucro e outros números. Mas como calcular essas taxas e saber se a franquia é realmente lucrativa?

Quais as principais indicadores que eu preciso ficar de olho?

Os principais indicadores que você precisa se atentar na hora de decidir se vale a pena a franquia ou não são o ROI (Retorno Sobre o Investimento) e o PRI (Prazo de Retorno de Investimento). Eles devem ser analisados com atenção para que o investidor tenha uma melhor projeção de lucro, mais segurança ao investir e que o negócio seja duradouro. 

É importante considerar que essas taxas dependem de inúmeras variáveis, como o tempo de funcionamento da unidade, o valor investido e as taxas de royalties fixadas em contrato, por exemplo. A seguir, vamos te ensinar a calcular essas taxas, e você verá por quê a Onodera é a opção mais rentável para você!

O que considerar antes de fazer os cálculos de projeção de lucro?

Antes de calcular o ROI e o PRI, existem algumas taxas que você precisa ter em mente. As principais são:

  • taxa de franquia (o valor pago pelo franqueado para possuir o direito de usar a marca já consolidada)
  • capital de giro (o valor mínimo para garantir o funcionamento dos primeiros meses da unidade) 
  • royalties (valor pago para o franqueador de acordo com o lucro obtido no mês em cada unidade).

A Onodera possui as melhores condições quando o assunto é investimento.
O que adianta investir numa franquia que cobre royalties abusivos e fixos, diminuindo sua projeção de lucro líquido?

Nossa taxa de royaltie é de apenas 6% do faturamento mensal total. Já a taxa de franquia gira em torno de R$ 100 mil, com um capital de giro estimado em R$120 mil. Por isso, nossa taxa de retorno está na média de 20%, um dos valores mais altos do mercado.

Calculando o ROI

O ROI é calculado com base na taxa de franquia, no capital de giro, nos custos de instalação e na porcentagem dos royalties. É uma das principais formas de obter projeções de lucro na hora de investir em uma franquia.  Vale lembrar que o ROI também depende, além do tempo de funcionamento, do esforço e da qualificação do empreendedor – um bom gestor pode aumentar a taxa de lucratividade através de um bom faturamento mensal. Normalmente, os valores anuais de ROI são maiores do que o previsto, devido às oscilações do mercado.

Calculando o PRI

Já o PRI, o Prazo de Retorno de Investimento, é bem mais básico de calcular em comparação com o ROI. O resultado desse indicador não é em valor, unidade monetária, mas sim em unidade de tempo (normalmente, anos), que é o prazo mínimo para que você cubra o que você investiu e passe a ter lucro real.

Para calcular o PRI, você precisa considerar o valor do investimento total e o valor do lucro líquido anual. Vamos simular esse cálculo imaginando o lucro líquido de R$150 mil por ano e considerando o modelo de 100m² da Onodera, cujo investimento é de R$ 400 mil. Assim, teríamos:

PRI = Inves. Total / Lucro Liq. ano

PRI = 400.000 / 150.000

PRI 2,6

Assim, teríamos um período de 2 anos e 6 meses, isto é, um total de 30 meses para o retorno do investimento. Pode parecer muito, mas, na verdade, é um ótimo indicativo: uma franquia é considerada lucrativa quando seu PRI está entre 24 e 36 meses.

Viu como vale a pena investir na Onodera?

Faça seu investimento render de verdade. Baixe nossos materiais e conheça mais sobre nossos modelos de negócio. Teremos o maior prazer em atendê-lo, agende já uma reunião!

Deixe uma resposta

Fechar Menu