Capital de giro: saiba o que é e como calcular de maneira certa

Capital de giro: saiba o que é e como calcular de maneira certa

Se você já tem ou quer abrir o seu próprio negócio, com certeza já ouviu falar em capital de giro, não é mesmo? Capital de giro é o dinheiro para arcar com os recursos financeiros do seu negócio e também um dos maiores diferenciais para se alcançar negócios rentáveis.

Se você quer saber mais e aprender como calcular o capital de giro de maneira certa, confira as dicas que o blog Franquias Onodera separou para você.

Capital de giro ou capital de trabalho

Como já falamos, capital de giro serve para manter o seu negócio de pé financeiramente, ou seja, é a quantia que você terá para arcar com as alguns custos, como: reposição de estoque, pagamento de fornecedores, compra de mercadorias, financiamento de vendas parceladas, pagamento de salário dos funcionários, entre outros. Por isso, é muito importante que você se organize para que mantenha o capital de giro em dia e não passar apuros financeiros.

Como se organizar?

O primeiro passo é você estar ciente do custo mensal do seu negócio e a quantia necessária para arcar com todos os recursos. Assim, suas contas poderão ser pagas em dia, podendo evitar dívidas, uma má gestão financeira e até mesmo a falência. Já falamos aqui no blog Franquias Onodera sobre dicas para uma boa gestão e garantir o sucesso do seu negócio. Se quer saber mais, confira aqui.

Como calcular?

Para calcular o capital de giro de maneira certa, você precisa somar o valor das despesas do mês e subtrair o valor do fluxo de caixa, ou seja, o valor que entrou na conta/caixa. O resultado desse cálculo é o valor ideal para o seu capital de giro. No caso das Franquias Onodera, é calculado uma média de 120 mil  de capital de giro no primeiro ano.

Soluções

Há algumas práticas que podem te ajudar a se prevenir de apuros financeiros e manter o capital de giro positivo. Algumas delas são:

  • reduza o prazo de compras parceladas,
  • otimize seu estoque e mantenha apenas o suficiente
  • negocie melhor os valores com seus fornecedores.

Desta forma, você terá mais controle da sua gestão financeira e estará preparado para imprevistos futuros.

Deixe uma resposta

Fechar Menu